PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Parlamento do Reino Unido define data para votar do acordo do Brexit

26/11/2018 18h24

Londres, 26 nov (EFE).- A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, anunciou nesta segunda-feira que o parlamento do país votará o acordo do Brexit no próximo dia 11 de dezembro.

Depois de várias especulações sobre a data, que seria marcada antes do recesso natalino, a primeira-ministra confirmou que o "voto significativo", como ficou conhecido o processo, vai acontecer na segunda terça-feira do mês de dezembro na Câmara dos Comuns.

"No dia 11 de dezembro esta Câmara decidirá se deseja ou não cumprir com o voto dos britânicos em um acordo que não só responde a isso, mas também protege os empregos", disse May em discurso.

A primeira-ministra se referia ao resultado do referendo de junho de 2016, no qual os britânicos decidiram que o Reino Unido deveria deixar a União Europeia (UE).

May foi ao Palácio de Westminster, sede do Legislativo britânico, depois de os 27 países-membros da UE terem aprovado ontem o acordo do Brexit, que agora deve ser ratificado pela Câmara dos Comuns e pelo Parlamento Europeu.

A líder do Partido Conservador ouviu por mais de duas horas as perguntas dos deputados, em uma tentativa de convencê-los a votar em favor do acordo, algo que parece, em princípio, bastante complicado.

A Câmara dos Comuns começará a discutir o pacto entre o governo do Reino Unido e a UE no dia 4 de dezembro, sete dias antes da votação. Só depois os deputados decidirão se concordam ou não com os termos da saída do bloco europeu.

O acordo firmado entre May e o Conselho Europeu é criticado por vários parlamentares do próprio Partido Conservador, pelos opositores do Partido Trabalhista e pelo Partido Democrático Unionista (DUP), que fazem parte da base governista.

"Nosso dever como parlamento nestas próximas semanas é examinar o acordo em detalhe, debatê-lo com respeito, ouvir nossos eleitores e decidir o que é que mais interessa a nós", disse May no discurso desta segunda-feira na Câmara dos Comuns.

Internacional