PUBLICIDADE
Topo

Príncipe Harry promete aumentar população de elefantes na Zâmbia

27/11/2018 11h43

Lusaka, 27 nov (EFE).- O príncipe Harry do Reino Unido se comprometeu, como presidente da ONG Parques Africanos, a aumentar a população de elefantes na Zâmbia, onde está em uma visita oficial, informou a imprensa local nesta terça-feira.

"O príncipe Harry disse ao presidente (Edgar Lungu) em uma conversa a portas fechadas que a organização Parques Africanos ajudará a transferir entre 500 e mil elefantes de Botsuana para o Parque Nacional de Kafue, na Zâmbia", afirmou o porta-voz da presidência da Zâmbia, Amos Chanda, segundo o jornal "Lusaka Times".

Botsuana tem a maior população de elefantes da África, com mais de 135 mil animais, enquanto a Zâmbia tenta aumentar a sua para atrair mais turistas para as reservas naturais.

O príncipe aterrissou ontem à noite no Aeroporto Internacional Kenneth Kaunda, na capital da Zâmbia, onde foi recebido por políticos e dançarinos tradicionais, antes de se reunir com o presidente do país e alguns ministros.

Hoje, Harry participou de uma homenagem aos veteranos da Zâmbia que participaram da Primeira e da Segunda Guerra Mundial e viu uma apresentação do Circo da Zâmbia, uma entidade social apoiada pela fundação Queen's Commonwealth Trust - da qual o duque de Sussex é presidente - e cuja missão é ajudar jovens dos subúrbios de Lusaka. Sua mulher, Meghan Markle, que espera o primeiro filho do casal, não está nesta viagem.

A visita de Harry à Zâmbia ocorre dois meses depois da feita por seu irmão William a Namíbia, Tanzânia e Quênia em defesa da fauna e contra a caça ilegal. O pai deles, o príncipe Charles, e sua esposa, Camilla, também visitaram recentemente o continente africano, passando por Gana, Gâmbia e Nigéria, países que, assim como a Zâmbia, fazem parte da Commonwealth (Comunidade das Nações).