PUBLICIDADE
Topo

Ataque com carro-bomba deixa 11 feridos na região central de Cabul

28/11/2018 15h21

(Atualiza com número de vítimas e outras informações).

Cabul, 28 nov (EFE).- Pelo menos 11 pessoas ficaram feridas em um atentado com carro-bomba cometido nesta quarta-feira nos arredores de um acampamento estrangeiro usado para treinamento das tropas do Afeganistão em Cabul, capital do país.

Fontes do governo informaram à Agência Efe que o ataque ocorreu por volta das 18h30 (horário local, 12h em Brasília) na região de Dispichari, perto da estrada que une Cabul à cidade de Jalalabad, no leste do país, onde estão várias bases e escritórios das forças de segurança do Afeganistão.

"Onze feridos foram transferidos do local da explosão para vários hospitais", informou o porta-voz do Ministério de Saúde Pública do Afeganistão, Wahidullah Majroh.

Nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque até o momento.

O porta-voz da Polícia de Cabul, Basir Mujahid, disse à Efe que o ataque ocorreu perto de um acampamento chamado G42. Segundo ele, agentes estão no local para determinar se o carro-bomba foi detonado em uma instalação do governo. No entanto, um policial que atua na operação confirmou que o alvo era um complexo no qual as tropas afegãs eram treinadas por estrangeiros.

O ataque ocorreu poucas horas depois de o presidente do país, Ashraf Ghani, ter anunciado a realização de uma conferência internacional de dois dias para discutir o processo de paz no país. O encontro foi convocado pela ONU e deve ocorrer em Genebra.

Cabul tem sido palco de múltiplos ataques neste ano, o último deles na semana passada, quando um ataque suicida contra uma reunião de acadêmicos religiosos que celebraram o nascimento do profeta Maomé deixou 55 mortos e cerca de 70 feridos.

O atentado mais grave na cidade em 2018 foi registrado em janeiro. Os talibãs detonaram uma ambulância cheia de explosivos perto da antiga sede do Ministério do Interior, onde ainda funcionavam alguns órgãos do governo, matando mais de cem pessoas.