Topo

JAL demite copiloto detido em Londres por ingestão excessiva de álcool

2018-11-30T07:51:00

30/11/2018 07h51

Tóquio, 30 nov (EFE).- A Japan Airlines (JAL) anunciou nesta sexta-feira que decidiu demitir o copiloto que foi detido em Londres por superar níveis permitidos de álcool e também diminuir os salários de dois diretores.

As decisões foram adotadas horas depois de se saber que Katsutoshi Jitsukawa, de 42 anos, foi condenado em Londres a dez meses de prisão por ingerir grande quantidade de álcool na noite anterior a um voo entre Londres e Tóquio, no dia 28 de outubro passado.

Fontes da empresa disseram à Agência Efe que, por causa deste fato, a companhia decidiu demitir ao copiloto, o qual já tinha sido notificado, embora ainda esteja pendente a formalização da decisão.

Além disso, as fontes disseram que a companhia resolveu diminuir em 20% o salário do presidente-executivo, Yuji Akasaka, e em 10% o salário do gerente executivo, Toshinori Shin, em ambos casos durante três meses, a partir de dezembro próximo.

Mas tanto Akasaka como Shin aceitaram voluntariamente aplicar esse mesmo desconto em seus salários de novembro.

Este tipo de gesto é frequente no mundo dos negócios do Japão para deixar claro como as responsabilidades por um erro grave são compartilhadas.

Mais Notícias