Topo

França não assinará pacto com Mercosul se Brasil desrespeitar Acordo de Paris

01/12/2018 19h08

Buenos Aires, 1 dez (EFE).- O presidente da França, Emmanuel Macron, voltou a avisar neste sábado, em Buenos Aires, que não aceitará um acordo entre União Europeia (UE) e Mercosul se o Brasil não respeitar o Acordo de Paris contra a Mudança Climática.

Em entrevista após o fim da cúpula do G20, Macron avaliou que houve "avanços conservadores" nas negociações com o Mercosul, mas previu que a chegada de Jair Bolsonaro ao poder mudará a situação.

"A França não aceitará acordos com potências que não respeitem o Acordo de Paris", resumiu o presidente francês.

Ao longo da campanha e depois de eleito, Bolsonaro, que assumirá o cargo em janeiro, ameaçou deixar o Acordo de Paris alegando, sem fundamento, que o pacto ameaça a soberania do Brasil.

"Não podemos exigir que nossos cidadãos, nossas indústrias, façam esforços para essa transição e depois assinar acordos com países que não vão nos seguir", reafirmou Macron, que já tinha criticado a posição de Bolsonaro pouco depois de chegar a Buenos Aires.