Topo

G20 liderará transformação para o desenvolvimento sustentado

01/12/2018 22h59

Buenos Aires, 1 dez (EFE).- O G20 reafirmou neste sábado em Buenos Aires seu compromisso de liderar a transformação para o desenvolvimento sustentado e apoiar a Agenda 2030, como marco para avançar neste objetivo e no seu próprio plano de ação.

A declaração final aprovada pelos líderes ao final da cúpula realizada na capital argentina diz taxativamente que "a atualização de Buenos Aires descreve as ações concretas e coletivas atuais do G20 para atingir esse objetivo".

Neste sentido, o documento, intitulado "Construindo consenso para um desenvolvimento justo e sustentado", afirma que a cooperação Sul-Sul e a cooperação triangular têm um papel importante para implementar essa atualização, por sua vez expressando seu apoio à Associação África do G20.

A declaração apoia os princípios de alto nível do G20 sobre habitat sustentado através de planejamento regional e promove o dinamismo em áreas rurais, assim como a agricultura sustentada, consciente da importância da gestão dos solos, da água e das margens dos rios conforme esse princípio.

O G20 considera que devem ser consideradas as necessidades específicas das famílias e dos pequenos agricultores, e o fomento do uso voluntário e da troca de práticas agrícolas inovadoras e tradicionais.

A proteção da biodiversidade e as respostas efetivas para reduzir os impactos do clima extremo na agricultura também são citadas na declaração.

O texto da declaração, de seis páginas e 31 pontos, oferece uma visão dos principais temas de interesse das 20 economias desenvolvidas e em desenvolvimento mais importantes do mundo, embora na maioria dos casos sem entrar a fundo nos problemas.

Nos seus 31 pontos se busca o consenso em aspectos como mudança climática, comércio multilateral, igualdade de gênero, trabalho justo e desenvolvimento sustentado.