Topo

Grupo de "coletes amarelos" invade terraço do Arco do Triunfo em protesto

01/12/2018 14h15

Paris, 1 dez (EFE).- Um grupo de manifestantes que protesta contra o aumento de impostos sobre os combustíveis e o alto custo de vida na França, movimento chamado de "coletes amarelos", ocupou neste sábado o terraço do Arco do Triunfo, um dos monumentos mais famosos de Paris, que já havia sido vandalizado no ato.

A região da Champs Elyseè se transformou em um palco de guerra, coberta por uma mistura de gás lacrimogêneo e fumaça dos vários carros, lixeiras e outros objetos incendiados no centro de Paris.

Área da cidade mais associada ao poder político, onde moram embaixadores, diplomatas e sede da maior parte das instituições públicas francesas, a Champs Elyseè é o foco dos protestos. Segundo o Ministério do Interior, 158 pessoas já foram presas neste sábado.

Os pontos de revista montados na Champs Elyseè, que tinha sido cercada desde o início da manhã, não funcionaram. O protesto, que era para ser pacífico, deu lugar a uma série de confrontos.

Manifestantes jogaram coquetéis molotov e outros objetos contra os policiais, que responderam com gás lacrimogêneo e canhões de água. A confusão se desenvolve diante do silêncio da oposição e do próprio governo, que apenas observa a situação se deteriorar.

Antes do confronto, Jean-Luc Mélenchon, líder da extrema esquerda, disse que a violência era residual, promovida por "grupos de infiltrados". Uma declaração similar foi dada por um dos líderes da extrema direita, Nicolas Dupont-Aignan.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Newsletters

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero receber