Topo

Macron diz que G20 obteve "apoio unânime" ao multilateralismo com regras

01/12/2018 18h24

Buenos Aires, 1 dez (EFE).- O presidente da França, Emmanuel Macron, disse neste sábado que a Cúpula do G20 de Buenos Aires "atingiu as expectativas" em assuntos como o clima e o comércio, e confirmou que houve um "apoio unânime" a um sistema multilateral baseado em regras.

"O multilateralismo é mais importante do que nunca. Está passando por uma autêntica crise e sofrendo tensões múltiplas. Confirmamos um apoio unânime a um sistema multilateral baseado em regras", afirmou Macron em entrevista coletiva após o término da reunião do grupo.

Sobre a mudança climática, o presidente francês afirmou que a "linha vermelha" era o apoio dos 19 membros, o G20 menos os Estados Unidos.

"Conseguimos. Temos o compromisso para determinar regras novas", afirmou.

No âmbito comercial, que inclui um forte apoio para impulsionar uma reforma da Organização Mundial do Comércio, Macron destacou que o presidente dos EUA, Donald Trump, também esteve de acordo.

"Os EUA aceitam um texto sobre o multilateralismo que é claro, que respeita regras internacionais".

"Trump esteve presente na sessão de fechamento e encerramento desta cúpula e não expressou nenhuma opinião dissidente ou contrária", acrescentou Macron ao ser perguntado sobre o que fará se o presidente americano - que teve papel fundamental na reunião devido à política tarifária que implantou em seu país - não aceitar os compromissos do comunicado final de hoje.

Segundo o líder francês, "a única nuance" a respeito dos EUA está no âmbito climático, sobre o qual afirmou que Trump lembrou que não vai aderir ao Acordo de Paris, que tem em Macron um de seus maiores defensores.

"Mas até pelo modo com que disse, considerou que a luta contra a mudança climática é importante", concluiu.

Para Macron, a grande "mensagem" da cúpula é que a Europa "se faz ouvir" quando é "firme e unida".

Mesmo assim, afirmou que o continente tem que demonstrar mais ambição em termos de clima e comércio e ir além.