Topo

G20 se mostra comprometido com combate e prevenção da corrupção

02/12/2018 02h11

Buenos Aires, 1 dez (EFE).- O G20 se mostrou comprometido com o combate e a prevenção da corrupção e disposto a "dar o exemplo", segundo a declaração final da cúpula deste grupo aprovada neste sábado em Buenos Aires.

O grupo se mostrou disposto a respaldar os princípios para prevenir a corrupção e garantir a integridade em empresas estatais, da mesma forma que na gestão de conflitos de interesses no setor público.

Para isso não somente continuará as práticas de cooperação para combater a corrupção, mas seguirá explorando a conexão entre a corrupção e outros crimes financeiros,

O G20 pediu às organizações internacionais relevantes que informem sobre estes temas durante a próxima presidência do grupo, que será do Japão.

Igualmente pediu a implementação efetiva, por todos os países do G20, da Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção, incluindo a penalização do suborno de funcionários públicos estrangeiros em transações comerciais internacionais.

O texto da declaração, de seis páginas e 31 pontos, oferece uma visão dos principais temas de interesse das 20 economias desenvolvidas e em desenvolvimento mais importantes do mundo, embora na maioria dos casos sem entrar a fundo nos problemas.

No seu texto final se busca o consenso em aspectos como mudança climática, comércio multilateral, igualdade de gênero, trabalho justo e desenvolvimento sustentado.