Topo

Trump sugere que seu ex-advogado deveria ser preso

03/12/2018 16h51

Washington, 3 dez (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sugeriu nesta segunda-feira que seu ex-advogado, Michael Cohen, que colabora com a promotoria especial na investigação da trama russa, deveria ser preso.

"Mentiu por este resultado (a redução de uma possível condenação) e deveria, na minha opinião, cumprir uma sentença inteira e completa", escreveu Trump na sua conta do Twitter depois de questionar o pedido de Cohen de não ser preso pelos crimes dos quais se declarou culpado diante de um tribunal de Nova York.

Neste sentido, o presidente americano enfatizou que seu ex-defensor e braço direito mentiu para conseguir uma redução de pena.

"'Michael Cohen pede ao juiz que não haja pena de prisão'. Quer dizer que pode fazer todas essas coisas terríveis, e não relacionadas com Trump, que têm a ver com fraude, grandes empréstimos, táxis, etc., e não cumprir uma pena de prisão longa?", questionou o governante.

Cohen se declarou culpado de vários crimes, inclusive um de mentir ao Congresso sobre a trama russa e outro de financiamento de campanha eleitoral no qual envolveu Trump, e a expectativa é que uma sentença seja anunciada na quarta-feira da próxima semana.

O promotor especial Robert Mueller investiga desde maio de 2017 a suposta coordenação entra a campanha do agora presidente e a Rússia para influenciar nos pleitos presidenciais dos EUA de 2016, assim como uma suposta obstrução à Justiça por parte de Trump.

O presidente americano manteve uma retórica de ataques contra Cohen por ter prestado depoimento contra ele, enquanto agradeceu publicamente pelas decisões de não testemunhar contra ele de outras pessoas envolvidas nas investigações da trama russa, como seu ex-chefe de campanha, Paul Manafort.

Trump também agradeceu hoje, por não testemunhar na causa, ao seu amigo Roger Stone, que participou da sua campanha eleitoral para esses pleitos, embora tenha deixado a equipe em agosto de 2015.

Além disso, voltou a criticar Mueller e suas investigações, às quais qualificou em múltiplas ocasiões de "caça às bruxas".

"Bob Mueller (que é um homem muito diferente do que as pessoas pensam) e seu bando de Democratas Zangados fora de controle não querem a verdade, só querem mentiras. A verdade é muito ruim para a sua missão", disparou Trump na sua conta do Twitter.