Topo

Maduro viaja para Rússia onde terá uma "necessária" reunião com Putin

04/12/2018 00h37

Caracas, 3 dez (EFE).- O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, embarcou nesta segunda-feira para a Rússia, onde realizará uma "necessária" reunião de trabalho com o presidente Vladimir Putin para analisar a estreita cooperação mantida pelos dois países e em busca de melhorias "econômicas" do país venezuelano, que passa por uma grave crise.

"Estou indo para Moscou onde terei uma reunião de trabalho, necessária, com o presidente Vladimir Putin", disse Maduro, no Aeroporto Internacional Simón Bolívar.

Maduro geralmente se refere à Rússia, que fornece armas, tecnologia e outros recursos para Venezuela, como "aliada estratégica" de sua política multilateral.

A viagem de Maduro acontece depois de receber também nesta segunda, em Caracas, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, que lhe concedeu um respaldo político e econômico com a promessa de investimentos milionários que ajudem a Venezuela a aliviar a grave crise que atravessa.

Maduro não deu mais detalhes sobre sua agenda em Moscou, embora tenha indicado que a visita já estava planejada e permitirá que ele feche este ano de 2018 "com chave de ouro" em questões diplomáticas.

As relações entre a Venezuela e Rússia tiveram durante o mandato de Hugo Chávez uma relação em várias áreas como energia, militar e cooperação, que se manteve durante toda a gestão do ex-líder venezuelano.

Mais Internacional