PUBLICIDADE
Topo

Coalizão árabe bombardeia posições de rebeldes perto do aeroporto de Sana

19/12/2018 13h56

Sana, 19 dez (EFE).- Aviões da coalizão militar liderada pela Arábia Saudita realizaram nesta quarta-feira vários bombardeios contra uma base dos rebeldes houthis próxima ao aeroporto de Sana e outras posições do movimento insurgente que controla a capital do Iêmen.

Testemunhas consultadas pela Agência Efe disseram que os aviões da aliança, que opera no Iêmen para apoiar o governo reconhecido internacionalmente, efetuaram "três bombardeios violentos" contra uma base militar controlada pelo movimento houthi perto do aeroporto internacional de Sana.

De acordo com os relatos, as testemunhas escutaram grandes explosões provocadas pelos ataques aéreos, que também tiveram como alvo a sede das Forças Aéreas dos houthis ao norte da capital.

Além disso, colunas de fumaça preta subiram sobre a base militar de Al Dilmi, muito próxima ao aeroporto de Sana, onde atualmente só operam voos de organizações humanitárias.

O canal de televisão de propriedade saudita "Al Arabiya" informou que a coalizão árabe destruiu nesta quarta-feira um avião não tripulado e uma plataforma de lançamento. Segundo o canal, a coalizão árabe afirmou que a aeronave foi destruída antes de ser lançada, "neutralizando um ataque terrorista houthi".

"Al Arabiya" destacou que a aliança militar acusou os rebeldes de utilizarem o aeroporto de Sana como "uma base militar" para seus milicianos.

O incidente na capital do Iêmen acontece em meio à troca de acusações entre o governo iemenita e os rebeldes de descumprir a trégua que entrou em vigor no dia 18 na cidade de Al Hudeida, no oeste do país.

Desde então, foram relatados disparos, explosões e combates esporádicos na cidade e na província homônima, apesar do acordo firmado pelas duas partes em conclito na semana passada na Suécia, com a mediação da ONU. EFE