PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Corbyn causa polêmica no parlamento do R.Unido ao supostamente insultar May

19/12/2018 13h21

Londres, 19 dez (EFE).- A Câmera dos Comuns do parlamento do Reino Unido viveu nesta quarta-feira momentos de grande polêmica depois que o líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, aparentemente chamou a primeira-ministra Theresa May de "mulher estúpida".

Vários deputados conservadores pediram ao presidente da Câmara, John Bercow, para advertir o líder da oposição, que parece murmurar em voz baixa "mulher estúpida", em um vídeo postado no Twitter, após uma discussão com a premiê.

Bercow afirmou que não podia tomar medidas naquele momento por não ter sido testemunha direta do suposto insulto, mas assinalou que qualquer membro da Câmara que quebre as normas de decoro deve se desculpar.

Os deputados do partido governante supostamente viram o vídeo postado na rede pelo site "The Red Roar", que teria sido gravado pelas câmeras na sessão de hoje.

O conservador James Cleverly assegurou então que ele mesmo tinha ouvido o insulto da boca de Corbyn, enquanto a trabalhista Margaret Beckett acusou os "tories" de "organizarem uma rixa" no último trecho das sessões antes do recesso natalino.

Se não bastasse isso, a líder conservadora na Câmara dos Comuns, Andrea Leadsom, reprovou o presidente da casa, o também "tory" Bercow, que uma vez a chamou de "mulher estúpida" e depois não se desculpou publicamente.

May e Corbyn se envolveram, como é habitual, em um intenso debate na sessão semanal de perguntas à primeira-ministra na Câmara dos Comuns, que, mais uma vez, se concentrou nas críticas ao governo por não submeter à votação o acordo do Brexit o mais rápido possível.

Em um indício de que, a esta altura do ano, os ânimos estão acirrados, os parlamentares de todos os partidos não pararam de gritar e protestar a Câmara, o que fez com que Bercow tivesse que pedir ordem várias vezes. EFE

Internacional