PUBLICIDADE
Topo

Chega a 281 número de mortos e 1.016 o de feridos após tsunami na Indonésia

24/12/2018 06h07

(Atualiza com visita do presidente indonésio)

Jacarta, 24 dez (EFE).- As autoridades da Indonésia elevaram nesta segunda-feira para 281 o número de mortos, assim como para 1.016 o de feridos e 57 o de desaparecidos após o tsunami gerado pela erupção do vulcão Anak Krakatau no estreito de Sunda, entre as ilhas de Sumatra e Java.

A onda gigante, que varreu essa área no sábado à noite, também deixou 11.687 deslocados e danificou 611 casas, 69 hotéis, 60 lojas e 420 embarcações, informou a Agência Nacional de Gestão de Desastres do país.

O presidente do país, Joko Widodo, foi hoje de helicóptero até o local do desastre para supervisionar os trabalhos de resgate e ajuda, e visitar vítimas desabrigadas.

"O tsunami do sábado durante a noite causou vítimas e danos em Pandegland, Serang, Lampung Sul, Tanggamus e Pesawaran", escreveu o presidente indonésio na sua conta do Twitter.

As autoridades acreditam que o tsunami foi gerado a partir de um desprendimento de terra submarino produzido pela erupção do vulcão Anak Krakatau, que não ativou os alarmes que registram os movimentos sísmicos. EFE