PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Mais de 82 mil pessoas comemoram último aniversário de Akihito como imperador

24/12/2018 10h35

(Corrige título).

Tóquio, 24 dez (EFE).- Mais de 82 mil pessoas - um número recorde - foram ao Palácio Imperial, em Tóquio, neste domingo para celebrar os 85 anos de Akihito, o último dele como imperador antes de abdicar em 2019.

Akihito, a esposa, a imperatriz Michiko, o príncipe herdeiro Naruhito, a mulher dele, Masako, e outros membros da família imperial foram saudar os cidadãos da varanda do palácio em três ocasiões e foram recebidos com gritos de "banzai" (vida longa).

Ao todo, 82.850 pessoas foram felicitar o imperador no último aniversário do seu reinado, conforme dados divulgados nesta segunda-feira pela agência da casa imperial do Japão. Esse número é 58,4% superior ao de 2017, quando 52.300 pessoas foram ao palácio imperial.

No dia dos seus 85 anos, Akihito expressou condolências aos afetados por uma série de desastres naturais que atingiram o país em 2018 e se mostrou "feliz em ver tanta gente" por ocasião do seu aniversário. O imperador ainda desejou que 2019 seja "um ano brilhante e bom" para todos.

Ontem foi a penúltima vez em que Akihito apareceu como chefe de Estado para o povo japonês. A última será na tradicional saudação de Ano Novo, em 2 de janeiro, quando a quantidade de gente deve ser ainda maior.

Para o evento do domingo, a agência da casa imperial instalou pela primeira vez dois telões para que todas as pessoas pudessem ver o imperador. A participação na celebração do aniversário de Akihito aumentou desde agosto de 2016, quando ele afirmou o desejo de abdicar.

O imperador deixará o cargo em 30 de abril. No dia seguinte, o seu primogênito o sucederá em um ritual a portas fechadas.

A cerimônia oficial de ascensão ao trono do novo imperador acontecerá em 22 de outubro, em um ato no palácio, com a presença de convidados e delegações de todo o mundo. EFE

Internacional