PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Theresa May defende "brexit" para começar um "novo capítulo" em 2019

31/12/2018 23h28

Londres, 31 dez (EFE).- O Reino Unido poderá iniciar um "novo capítulo" em 2019 se o Parlamento aprovar o acordo do "brexit, afirmou na sua mensagem de fim de ano, a primeira-ministra britânica, a conservadora Theresa May.

"Nas próximas semanas, os deputados devem tomar uma importante decisão. Se o Parlamento respaldar o pacto, o Reino Unido poderá virar a página", disse a primeira-ministra.

No início de dezembro, ela decidiu atrasar o voto sobre seu pacto na Câmara dos Comuns, na ausência de uma maioria suficiente para aprová-lo espera obter novas concessões em Bruxelas antes de apresentá-lo novamente para parlamentares a partir do dia 9 de janeiro.

Uma porta-voz de Downing Street disse hoje que Theresa May manteve contatos durante os últimos dias do mês com outros líderes europeus, embora ainda tenha "trabalho por fazer" para conseguir as "garantias legais e políticas" adicionais que Londres reivindica.

A primeira-ministra espera obter esclarecimentos de Bruxelas sobre o mecanismo de salvaguarda projetado para evitar uma fronteira na Irlanda do Norte após o "brexit", uma cláusula que os conservadores críticos do acordo de May acreditam que pode manter o Reino Unido dentro das estruturas comunitárias durante anos.

"O referendo (no 'brexit') de 2016 causou divisão, mas todos nós queremos o melhor para o nosso país, então 2019 pode ser o ano em que separamos nossas diferenças e nos movemos juntos para um relacionamento novo e sólido com nossos vizinhos europeus", disse a primeira-ministra.

Theresa May superou neste mês uma moção de confiança convocada pelos seus companheiros do Partido Conservador, embora ela ainda possa enfrentar uma moção de censura contra seu governo se o líder da oposição, Jeremy Corbyn, decidir dar esse passo. EFE

Internacional