Topo

Pompeo se diz otimista quanto a uma boa solução para Turquia e curdo-sírios

2019-01-12T20:21:00

12/01/2019 20h21

Cairo, 12 jan (EFE).- O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, afirmou neste sábado que está "otimista" sobre a possibilidade de haver um "bom resultado" para o conflito entre a Turquia e as milícias curdas da Síria.

Em uma mesa-redonda realizada em Abu Dhabi com jornalistas que o acompanham em sua viagem pelo Oriente Médio, Pompeo reconheceu que o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, tem "direito" a "defender seu país dos terroristas" e ressaltou que as milícias curdo-sírias Unidades de Proteção do Povo (YPG) "não são terroristas" e "merecem ser protegidas".

"Acreditamos que podemos conseguir um resultado que consiga ambos (os objetivos): proteger os turcos de ameaças terroristas legítimas e evitar qualquer grande perigo para as pessoas que não representam risco de terrorismo para a Turquia", disse Pompeo, segundo a transcrição do encontro divulgado pela Secretaria de Estado.

Pompeo revelou que conversou hoje com o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlüt Çavusoglu, com quem abordou estas questões.

"Ainda há muitos detalhes a resolver, mas estou otimista quanto a podermos conseguir um bom resultado", comentou.

Erdogan anunciou em dezembro que pretende lançar uma ofensiva no norte da Síria contra as YPG, grupo que considera terrorista por seus vínculos com a guerrilha curda da Turquia, o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

Os EUA, principal aliado das YPG em sua ofensiva contra o grupo terrorista Estado Islâmico (EI), começou ontem os procedimentos para a retirada de seus 2 mil soldados da Síria, anunciada pelo presidente americano, Donald Trump, no mês passado.

Tal medida não foi bem recebida pelas milícias curdas, que consideram que o grupo terrorista não foi vencido totalmente e também temem ficar em uma situação de vulnerabilidade diante das ameaças da Turquia. EFE

Mais Notícias