PUBLICIDADE
Topo

ONU oferece ajuda após rompimento da barragem de Brumadinho

26/01/2019 18h43

Nações Unidas, 26 jan (EFE).- O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, expressou neste sábado tristeza pela perda de vidas e pelos danos causados pelo rompimento da barragem de Brumadinho, em Minas Gerais, e ofereceu apoio "nos esforços de ajuda emergencial".

O número de vítimas após a ruptura da barragem da mineradora Vale já chega a 34, de acordo com o Corpo de Bombeiros, que trambalha em busca de sobreviventes mesmo debaixo de chuva.

"O Sistema das Nações Unidas permanece à disposição para apoiar as autoridades brasileiras nas buscas e esforços de ajuda emergencial", apontou Guterres em comunicado divulgado por seu porta-voz, Farhan Haq.

No texto ele afirmou ainda estar "profundamente triste pela terrível perda de vidas e expressiva destruição de casas e do meio ambiente". Guterres estendeu condolências aos familiares das vítimas e ao governo do Brasil e expressou o seu desejo de pronta recuperação dos feridos.

A região atingida recebeu a visita do presidente Jair Bolsonaro neste sábado. No Twitter, ele disse que fará o que estiver ao alcance para "atender as vítimas, minimizar danos, apurar os fatos, cobrar justiça e prevenir novas tragédias como a de Mariana e Brumadinho, para o bem dos brasileiros e do meio ambiente". EFE