PUBLICIDADE
Topo

Pedersen prossegue na Turquia viagem para solucionar guerra na Síria

28/01/2019 18h10

Istambul, 28 jan (EFE).- O novo enviado especial da Organização das Nações Unidas (ONU) para a Síria, Geir O. Pedersen, se reuniu nesta segunda-feira em Ancara com o ministro de Relações Exteriores turco, Mevlüt Çavusoglu, como parte da agenda de atividades que tem cumprido e que o levou este mês a Damasco, Riad, Moscou, e ontem ao Cairo.

"Reunião com @GeirOPedersen, enviado especial da ONU para a Síria. Avaliamos fatos recentes no assunto sírio", escreveu o ministro turco, que também publicou uma foto do encontro na capital da Turquia.

Çavusoglu parabenizou Pedersen pela nova função, que ele começou a exercer no início deste mês, e o diplomata norueguês disse que espera receber apoio da Turquia, de acordo com a agência turca "Anadolu", que cita fontes ministeriais.

O enviado especial se reuniu ontem no Cairo com o ministro de Relações Exteriores do Egito, Sameh Shoukry, e com representantes da Liga Árabe, no que descreveu no Twitter como "um boa troca de opiniões". Antes, Pedersen se encontrou com vários ministros russos em Moscou, com representantes do regime sírio em Damasco e com integrantes da oposição em Riad.

Geir O. Pedersen é o quarto enviado especial das Nações Unidas para a Síria desde que a guerra começou, em março de 2011. O primeiro foi o ex-secretário geral da ONU Kofi Annan, que deixou o posto após alguns meses. Depois veio Lakhdar Brahimi, que exerceu a função por cerca de dois anos e saiu diante da falta de avanços. Em novembro do ano passado, após quatro anos sem conseguir grandes progressos, Staffan de Mistura, também renunciou. EFE