Topo

Nobel da Paz deste ano conta com 304 candidatos

2019-02-12T13:16:00

12/02/2019 13h16

Copenhague, 12 fev (EFE).- O prêmio Nobel da Paz deste ano conta com 304 candidatos, dos quais 219 são indivíduos e 85 organizações, informou nesta terça-feira o Comitê Nobel Norueguês.

Trata-se do quarto número mais alto de candidatos na história do prêmio centenário, que registrou seu recorde em 2016 com 376 indicados.

Segundo o testamento de Alfred Nobel, o magnata sueco que instituiu os prêmios, podem designar candidatos ao prêmio da Paz catedráticos de universidades em Direito, História e Ciências Políticas, parlamentares, antigos laureados e membros de tribunais internacionais, entre outros.

Apenas as pessoas que propõem os nomes podem revelar a identidade dos candidatos, já que o Comitê Nobel Norueguês só divulga o número total de candidatos. A organização só confirma os nomes 50 anos depois.

Assim, por exemplo, ontem foi divulgada a candidatura conjunta das ativistas de direitos humanos sauditas Loujain al Hathloul, Abdullah al Hamid e Nasima al Sada, impulsionada por três deputadas norueguesas.

O Nobel é entregue todos os anos em 10 de dezembro, coincidindo com o aniversário da morte de seu fundador, em uma dupla cerimônia: na prefeitura de Oslo (Noruega), para o prêmio da Paz, e no Konserthus de Estocolmo (Suécia), para os outros cinco prêmios.

O congolês Denis Mukwege e a iraquiana Nadia Murad ganharam o Nobel da Paz no ano passado por "seus esforços para terminar com o uso da violência sexual como arma de guerra e em conflitos armados", segundo a decisão difundida em outubro. EFE

Mais Internacional