PUBLICIDADE
Topo

Jovem palestino morre por disparos de Israel em protestos na Faixa de Gaza

22/02/2019 14h36

Gaza, 22 fev (EFE).- Um menor palestino morreu nesta sexta-feira e outro ficou gravemente ferido por disparos do Exército de Israel durante os protestos que ocorrem todas as sextas-feiras na Faixa de Gaza junto à cerca de separação com Israel, informaram fontes palestinas.

Segundo o Ministério de Saúde de Gaza, Youssef al Dayah, de 15 anos, morreu pelos disparos dos soldados que ficam junto à divisa com a Faixa, enquanto outro menor de 12 anos está entre a vida e a morte depois de ser atingido por disparos no peito.

Além disso, 30 manifestantes ficaram feridos por disparos à bala, acrescentaram fontes ministeriais.

Centenas de palestinos, que de acordo com veículos de imprensa locais levavam bandeiras palestinas e lançaram pedras contra os militares, compareceram à Grande Marcha do Retorno pela 48ª semana consecutiva para reivindicar o regresso dos refugiados e o fim do bloqueio israelense, imposto sobre a Faixa desde que o movimento islamita Hamas tomou o controle de fato do enclave em 2007

A tensão aumentou na Faixa com o começo em março destas manifestações e, desde então, ocorreram sete picos de violência, com o lançamento em massa de projéteis desde Gaza e bombardeios israelenses de represália, entre os quais houve frágeis tréguas.

Desde o início desta mobilização, mais de 250 palestinos morreram por fogo israelense, conforme dados do Ministério de Saúde palestino, além de um soldados israelense junto à fronteira e outro em uma operação do Exército encoberto dentro do enclave. EFE