PUBLICIDADE
Topo

Almagro diz que destruição de ajuda mostra falta de humanidade de Maduro

23/02/2019 23h34

Cúcuta (Colômbia), 24 fev (EFE).- O secretário-geral da Organização de Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, afirmou neste sábado que o acontecido nas pontes fronteiriças entre Colômbia e Venezuela, onde foi destruída ajuda humanitária que ia para o país petrolífero, mostra a "absoluta falta de humanidade do usurpador", em referência a Nicolás Maduro.

"Cumprimentamos a entrada de ajuda humanitária na Venezuela, consideramos isso um passo importante por ter quebrado a proibição ditatorial e ter tido que superar a repressão madurista", disse Almagro.

No entanto, acrescentou que a queima de dois caminhões carregados com ajuda humanitária na Ponte Internacional Francisco de Paula Santander mostra "a absoluta falta de humanidade e social do usurpador". EFE