PUBLICIDADE
Topo

Distúrbios devido a fechamento da fronteira da Venezuela deixa 20 feridos

23/02/2019 14h05

Ureña (Venezuela), 23 fev (EFE).- Os enfrentamentos entre manifestantes e a Guarda Nacional Bolivariana na cidade venezuelana de Ureña, em meio aos protestos pelo bloqueio da passagem entre os dois países, no mesmo dia em que está prevista a entrada de ajuda humanitária na Venezuela.

Os feridos foram levados ao Centro de Especialidades Médicas de Ureña, onde a equipe do hospital confirmou à Agência Efe que estas 20 pessoas foram internados após entrarem em confronto com militares.

A situação na região é complicada, há enfrentamentos intermitentes entre os militares e os manifestantes que querem que o bloqueio da entrada da ajuda humanitária da Colômbia na Venezuela seja suspenso.

Parte desta ajuda humanitária está armazenada em Cúcuta e os opositores afirmam que ela entrará na Venezuela hoje em meio a uma grande mobilização da população.

No entanto, o governo venezuelano informou ontem o fechamento "total" da fronteira com a Colômbia diante de supostas "ameaças" contra a sua soberania. EFE