PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Governo do Senegal diz que atual presidente ganhou eleições no primeiro turno

24/02/2019 22h22

Dacar, 24 fev (EFE).- O Governo do Senegal afirmou que o presidente, Macky Sall, venceu as eleições deste domingo no primeiro turno, com 57% dos votos, embora a Comissão Eleitoral do país ainda não tenha anunciado os resultados oficiais provisórios.

O primeiro-ministro, Mohammed Dionne, deu uma declaração na qual afirmou que Sall ganhou "com base nos resultados que chegaram à sede da coalizão presidencial".

A imprensa local também aponta Sall como vencedor nas primeiras horas da apuração - se bem que muitos não lhe davam os 51% necessários para evitar o segundo turno -, o que gerou críticas severas dos candidatos opositores por entender que apenas a Comissão Eleitoral pode dar os resultados oficiais.

Segundo o primeiro-ministro, Macky Sall teria ganhado em 13 das 14 regiões que formam o território nacional senegalês.

Durante seu pronunciamento, o premiê também disse que a partir desta segunda-feira se anunciará os resultados finais.

Uma hora e meia antes do pronunciamento, os dois candidatos opositores mais relevantes, Idrissa Seck e Ousmane Sonko, deram uma entrevista coletiva conjunta na qual criticaram alguns meios de imprensa locais e internacionais por estar divulgando dados que antecipavam a vitória de Sall, apesar de não haver resultados oficiais.

Pouco mais de 6,5 milhões de cidadãos votaram em cerca de 6.900 sessões eleitorais do território nacional e 370 no exterior, em um contexto acirrado e sem prognósticos de um vencedor claro. EFE

Internacional