PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Chefe de comissão parlamentar garante que Guaidó voltará à Venezuela

25/02/2019 18h20

Caracas, 25 fev (EFE).- O chefe da Comissão de Finanças da Assembleia Nacional venezuelana, Carlos Paparoni, garantiu nesta segunda-feira que o líder do parlamento, Juan Guaidó - que se autoproclamou presidente em exercício há um mês -, voltará à Venezuela após ter deixado o país no sábado passado.

"Ficamos surpresos por existirem dúvidas sobre se o presidente retorna à Venezuela", disse Paparoni em entrevista coletiva do seu partido, o Primeiro Justiça (PJ), em Caracas.

"Quero que tenhamos a certeza de que o presidente Juan Guaidó voltará, retornará à Venezuela", acrescentou Paparoni, indicando que tinha obtido esta informação do próprio Guaidó, com quem disse ter se comunicado nesta segunda-feira.

O líder opositor viajou na quinta-feira a Cúcuta para comandar a entrada das ajudas solicitadas pelo parlamento à comunidade internacional diante da escassez de alimentos e remédios que assola a Venezuela, e apesar da medida de proibição de saída do país que o Ministério Público ditou contra ele.

Até o momento, as autoridades venezuelanas não se pronunciaram sobre possíveis ações judiciais diante do desacato de Guaidó, que também teve suas contas congeladas e seus bens taxados e alienados.

Além disso, a Controladoria venezuelana abriu uma investigação por supostamente receber dinheiro sem justificativa e falsificar dados na sua declaração juramentada de patrimônio. EFE

Internacional