PUBLICIDADE
Topo

Evo Morales pede diálogo e elogia países contrários intervenção na Venezuela

26/02/2019 10h33

La Paz, 26 fev (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, elogiou nesta terça-feira os países do Grupo de Lima contrários a uma intervenção armada na Venezuela e disse que "o diálogo é o único caminho" para solucionar a crise no país caribenho.

"Cumprimentamos os países do Grupo de Lima que se pronunciaram contra uma intervenção armada contra a Venezuela", ressaltou Evo Morales através de sua conta no Twitter.

O presidente boliviano acrescentou que a América Latina é "uma região de paz, na qual o respeito pela vida é fundamental para nossos povos".

"Dissemos e mantemos: o diálogo é o único caminho", acrescentou Morales em sua mensagem.

O Grupo de Lima, que se reuniu ontem em Bogotá, afastou o fantasma de uma intervenção militar na Venezuela e voltou a pedir eleições livres no país.

O opositor venezuelano Juan Guaidó compareceu à reunião e recebeu um apoio unânime dos presentes, após se autoproclamar presidente interino da Venezuela há um mês com o objetivo de realizar eleições.

Evo Morales é um dos principais aliados políticos do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, enquanto outros países da América, como os Estados Unidos, da Europa e de outros continentes apoiam Guaidó. EFE