PUBLICIDADE
Topo

Explosão de mina antipessoal mata 1 policial e deixa 10 feridos na Colômbia

26/02/2019 20h50

Bogotá, 26 fev (EFE).- Um policial morreu e outras dez pessoas ficaram feridas na explosão de uma mina antipessoal nesta terça-feira em uma área rural de Tumaco, no departamento colombiano de Nariño, na fronteira com o Equador, informaram fontes militares.

O comandante do Comando Especial do Pacífico Sul, general Ricardo Augusto Alarcón Campos, disse a jornalistas que o campo minado estava instalado no povoado de Mata de Plátano.

"Temos 11 pessoas evacuadas da região (...) um uniformizado perdeu a vida", detalhou o oficial, que acrescentou que cinco dos feridos são civis e os outros seis são agentes antinarcóticos.

Pelo menos cinco dos feridos, segundo o general Alarcón, sofreram amputações no corpo.

Tumaco, que tem o segundo maior porto da Colômbia sobre o Pacífico, é o segundo município do país com mais hectares de coca semeada.

No final de dezembro do ano passado, o ministro da Defesa, Guillermo Botero, assegurou que a Colômbia erradicou 87.571 hectares semeados com cultivos ilícitos em 2018, dos quais 60.016 foram arrancados manualmente e 27.555 substituídos por plantios legais.

Segundo um relatório do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), publicado em setembro do ano passado, os cultivos de coca na Colômbia aumentaram 17% em 2017 e alcançaram um recorde de 171.000 hectares, o que representa 25.000 hectares a mais que em 2016. EFE