PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Governo de Maduro parabeniza Cuba por referendo que aprovou nova Constituição

27/02/2019 14h05

Caracas, 27 fev (EFE).- O governo de Nicolás Maduro parabenizou nesta quarta-feira Cuba, principal aliado político do chavismo, pelo referendo realizado no último domingo para aprovar a nova Constituição da ilha e reforçar a "irmandade" entre os países.

"O governo e o povo venezuelano acompanham e celebram esse novo marco da Cuba revolucionária e reforça nosso compromisso de solidariedade e irmandade com o povo cubano", disse em comunicado o Ministério de Relações Exteriores da Venezuela.

"As batalhas que a Revolução Cubana ao longo da história estão de acordo do tamanho do seu compromisso com os valores humanos e de construção de uma sociedade justa e amante da paz. O povo cubano dá mais uma vez passos que consolidam a marca de Fidel (Castro) e Che (Guevara)", completou o governo chavista na nota.

No domingo, dia de realização do referendo, Maduro informou no Twitter que tinha ligado para o presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, para parabenizá-lo pelo recorde de participação.

O referendo foi convocado para ratificar a nova Constituição de Cuba, que mantém o Partido Comunista como o único autorizado a atuar na ilha. O texto também reconhece a propriedade privada e considera como necessário que investimentos estrangeiros cheguem ao país.

Segundo resultados preliminares divulgados pela Comissão Eleitoral Nacional, quase 87% dos cubanos aprovaram a Constituição.

No comunicado divulgado hoje, o governo da Venezuela pediu aos "demais povos" para "construir juntos a utopia socialista de um mundo mais justo". "Sigamos pelo caminho da dignidade e da democracia profunda. Sigamos defendendo nosso direito de autodeterminação, independência e soberania", diz a nota. EFE

Internacional