PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Irã muda estratégia de Defesa por causa de "projetos nucleares suspeitos"

13/03/2019 15h35

Teerã, 13 mar (EFE).- O Irã vai mudar a sua estratégia de Defesa devido aos "projetos nucleares suspeitos" que alguns países realizam , advertiu nesta quarta-feira o secretário do Conselho Supremo de Segurança Nacional iraniano, Ali Shamkhani, em uma aparente alusão a seu maior rival na região, a Arábia Saudita.

"Alguns países da região gastam os dólares do seu petróleo em projetos nucleares suspeitos e estas medidas podem colocar a segurança da região e inclusive do mundo em um perigo maior do que o da ameaça dos terroristas takfiris e do Estado Islâmico", disse Shamkhani, de acordo com a agência de notícias oficial do Irã "Irna".

Ele não especificou que a que países se referia, mas a proposta da troca de tecnologia nuclear entre a Arábia Saudita e os Estados Unidos preocupa o Irã.

Em 20 de fevereiro, o ministro de Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif, acusou os Estados Unidos de "hipocrisia", ao assegurar que o país se opõe ao programa nuclear do Irã, mas tenta vender tecnologia nuclear para a Arábia Saudita.

Shamkhani garantiu que o Irã mantém "em constante observação" os movimentos de alguns países, "em particular as ações anormais de alguns países regionais" que apoiam terroristas.

Irã e Arábia Saudita, as potências xiitas e sunitas do Oriente Médio, respectivamente, rivalizam para mostrar sua influência na região e apoiam lados opostos nos conflitos da Síria e do Iêmen, por exemplo. A Arábia Saudita conta com o apoio dos Estados Unidos nas tentativas de resistir à influência do Irã, que o Executivo em Washington considera perigosa.

Os Estados Unidos se retiraram em maio deste ano do acordo nuclear feito em 2015 entre o Irã e as seis grandes potências mundiais, e impôs novas sanções contra o país. EFE

Internacional