PUBLICIDADE
Topo

Tropas de Níger matam 33 integrantes do Boko Haram em confronto

13/03/2019 13h28

Niamey, 13 mar (EFE).- Uma operação do Exército de Níger na região sudeste do país, perto do Lago Chade, matou 33 combatentes do grupo jihadista Boko Haram nos últimos quatro dias.

Detalhes sobre a ação foram divulgados nesta quarta-feira pelo Ministério da Defesa de Níger. Os soldados também apreenderam dois veículos equipados com baterias antiaéreas, duas motos, um morteiro, dez fuzis AK47 e mais de 3,6 mil munições de diferentes calibres.

Uma fonte militar disse à Agência Efe que a operação, que segue em andamento, começou poucas horas depois de o Boko Haram matar sete policiais de Níger em um ataque contra um posto militar em Diffa.

O Boko Haram, criado nos estados muçulmanos do nordeste da Nigéria, ataca com frequência dois países vizinhos - Níger e Chade. A população civil também é alvo dos terroristas, que consideram os cidadãos cúmplices das operações militares contra o grupo.

A atual ofensiva militar das tropas de Níger ocorre após as autoridades de Diffa terem prorrogado o período oferecido aos combatentes do Boko Haram para entregar suas armas de forma voluntária e desmantelar o grupo na região.

A decisão de prorrogar o prazo foi tomada pelo governador de Diffa, Mahamadu Laualy. Até 31 de dezembro do ano passado, apenas 117 integrantes do Boko Haram decidiram deixar o grupo. EFE