PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Bolsonaro faz visita fora de agenda oficial à sede central da CIA

18/03/2019 18h15

Washington, 18 mar (EFE).- O presidente Jair Bolsonaro fez na manhã desta segunda-feira uma visita à sede da Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos (CIA), o que não constava na agenda oficial da viagem a Washington, que terminará amanhã com uma reunião com o presidente americano, Donald Trump.

"Indo agora com o presidente e os ministros para a CIA, uma das agências de inteligência mais respeitadas do mundo. Será uma excelente oportunidade de conversar sobre temas internacionais da região com técnicos e peritos do mais alto gabarito", revelou no Twitter o deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente.

A visita pegou a imprensa de surpresa, já que não havia evento marcado na agenda oficial de Bolsonaro na manhã desta segunda-feira. Ainda hoje, o presidente vai discursar sobre a economia brasileira na Câmara de Comércio dos EUA, acompanhado do ministro de Economia, Paulo Guedes.

A sede central da CIA está localizada na cidade de Langley, no norte do estado da Virgínia, vizinho do Distrito de Columbia, onde fica Washington.

Amanhã, Bolsonaro terá reunião com o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, e depois será recebido na Casa Branca por Trump.

A expectativa é que os dois assinem vários acordos bilaterais e discutam a crise política da Venezuela.

Bolsonaro admitiu que escolheu Washington como primeiro destino de uma visita oficial de seu governo para deixar claro o desejo do Brasil de se aproximar dos EUA e das políticas de Trump.

"Pela primeira vez em muito tempo, um Presidente brasileiro que não é antiamericano chega a Washington", escreveu Bolsonaro no domingo, pouco depois de desembarcar na capital americana. EFE

Internacional