PUBLICIDADE
Topo

Chefe policial holandês afirma que tiroteio tem caraterísticas de terrorismo

18/03/2019 10h37

Utrecht (Holanda), 18 mar (EFE).- O coordenador de Antiterrorismo e Segurança da Holanda, Pieter-Jaap Aalbersberg, afirmou em entrevista coletiva que o tiroteio desta segunda-feira em Utrecht tem todas as caraterísticas de um ataque terrorista, embora, por enquanto, não tenha confirmado a motivação terrorista.

O nível de alerta terrorista para a província de Utrecht foi elevado para cinco, o máximo possível.

No entanto, o coordenador de Antiterrorismo descartou que existam motivos para elevar o alerta em todo o país.

Por sua vez, o primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, convocou uma entrevista coletiva para 14h30 (horário local, 10h30 de Brasília) na sede governamental em Haia para dar mais informação sobre o tiroteio que aconteceu esta manhã em Utrecht.

Uma testemunha presencial do ataque declarou à Agência Efe que viu uma pessoa caída no chão, coberta com uma manta, mas a polícia não confirmou ainda se o ataque deixou vítimas mortais.

Além disso, as autoridades confirmaram que há pelo menos um atirador, mas não excluiu a possibilidade que mais de uma pessoa esteja envolvida no tiroteio, como indicaram as testemunhas. EFE