PUBLICIDADE
Topo

Polícia detém principal suspeito de ataque a tiros em Utrecht

18/03/2019 15h17

Utrecht (Holanda), 18 mar (EFE).- A polícia da Holanda deteve Gökmen Tanis, um homem de 37 anos nascido na Turquia, apontado como principal suspeito do ataque a tiros ocorrido nesta segunda-feira na cidade de Utrecht que terminou com três mortos.

Em entrevista coletiva, um porta-voz da polícia anunciou a detenção, embora não tenha confirmado os motivos que levaram Tanis a efetuar o ataque, que além dos três mortos, também deixou cinco feridos, três deles em estado grave.

O principal suspeito foi detido muito perto do lugar onde horas antes a polícia tinha localizado, com o motor ligado, o veículo no qual o detido tinha fugido do local do ataque.

O Ministério Público, que está a cargo da investigação do tiroteio, afirmou "que está levando em conta uma motivação terrorista, mas que não se pode excluir outros motivos".

Tanis tem um longo histórico de antecedentes criminais nos últimos anos, o que também se encaixa no perfil de um criminoso comum: roubos com violência, ataques à autoridade e assédio sexual nas ruas, segundo uma fonte judicial.

Outra das hipóteses manejadas pelo Ministério Público é que se trate de um "crime de honra", devido à possível relação do detido com uma das vítimas. EFE