PUBLICIDADE
Topo

Sobe para 79 o número de mortos por inundações na Indonésia

18/03/2019 10h07

Jacarta, 18 mar (EFE).- As autoridades da Indonésia elevaram nesta segunda-feira para 79 o número de mortos e para 43 o de desaparecidos por conta das inundações que afetam desde sábado a província de Papua, no leste do país, onde continuam os trabalhos de resgate e busca.

O secretário da agência de mitigação de desastres (BPBD) em Papua, Wisnu Aditya, afirmou que, além disso, há 79 feridos - 38 em estado graves - e quase 5 mil deslocados no distrito Sentani, onde as fortes precipitações que duraram aproximadamente sete horas provocaram enchentes.

Uma tromba d'água alagou parte da cidade de Sentani, situada na base das montanhas Cycloop, arrastando veículos, troncos e outros materiais que atingiram edifícios e outras estruturas.

"Não conseguimos chegar a algumas zonas afetadas porque as estradas estão bloqueadas por árvores e barro", indicou Wisnu à Agência Efe em conversa telefônica.

O secretário da BPBD acrescentou que os trabalhos de busca e resgate continuarão pelo menos até 30 de março e é esperado que o número de vítimas mortais aumente.

Pelo menos 11.725 famílias foram afetadas e a maioria dos deslocados permanece em vários refúgios da cidade de Sentani, segundo disse o porta-voz nacional da agência de mitigação de desastres, Sutopo Purwo Nugroho, em comunicado.

O governador do município de Jayapura, cuja capital é Sentani, estabeleceu serviços médicos complementares e cozinhas públicas para atender a emergência humanitária após o desastre.

Imagens divulgadas por Sutopo mostram a força do corrente que percorreu a cidade e as inundações posteriores onde a água chega na altura da cintura.

A metade ocidental da ilha de Nova Guiné, onde está localizada a província de Papua, pertence à Indonésia e é um território rico em recursos naturais embora subdesenvolvido, enquanto a parte oriental corresponde à República de Papua Nova Guiné. EFE