PUBLICIDADE
Topo

Sequestro acaba com morte de refém e insurgentes na Caxemira indiana

22/03/2019 08h38

Srinagar (a Índia), 22 mar (EFE).- Uma criança foi supostamente morta por dois insurgentes que a fizeram refém durante uma operação das forças de segurança na Caxemira indiana, incidente no qual os dois insurgentes separatistas acabaram morrendo.

A tomada de reféns começou ontem à tarde no distrito de Bandipora e acabou com o abatimento dos dois insurgentes envolvidos, disse hoje à Agência Efe o porta-voz do Exército indiano na região, coronel Rajesh Kalia.

"Dois insurgentes morreram no confronto. Ambos são cidadãos paquistaneses chamados Ali e Hubaib. Um refém, Ab Hameed, de 60 anos, foi resgatado com vida, mas a criança, Aatif, não pôde ser liberado e foi assassinado pelos insurgentes", explicou à Efe uma fonte da Polícia que pediu o anonimato.

Um vídeo da mãe da criança pedindo aos sequestradores que o libertassem se tornou viral nas redes sociais.

Por outro lado, nas últimas 24 horas outro insurgente morreu no distrito de Shopian e outros dois em Baramulla em duas operações das forças de segurança, enquanto os confrontos continuam em ambos lugares e centenas de vizinhos saíram para as ruas para protestar contra as mortes.

Os protestos a favor dos insurgentes acabaram com confrontos entre os manifestantes e as forças de segurança, e pelo menos seis pessoas ficaram feridas à bala, confirmou à Efe uma fonte médica de Shopian que pediu o anonimato. EFE