PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Presidente da China deixa a Itália e parte rumo à França

24/03/2019 07h10

Roma, 24 mar (EFE).- O presidente da China, Xi Jinping, deixou neste domingo a região da Sicília, no sul da Itália, e partiu rumo à França, dando sequência a uma turnê pela Europa após assinar uma série de acordos com representantes do governo italiano.

Acompanhado pela primeira-dama, Peng Liyuan, e de uma grande delegação de políticos e empresários, Xi decolou do aeroporto Punta Raisi, em Palermo, por volta das 10h25 locais (6h25 em Brasília). E deve pousar em Nice, na França, nas próximas horas.

Na Sicília, Xi se hospedou em um luxuoso hotel, que ficou totalmente isolado devido à presença de um forte esquema de segurança. O presidente chinês se reuniu com os principais políticos locais e visitou o Palácio dos Normandos, sede do parlamento.

Antes, em Roma, Xi participou da assinatura de 30 acordos bilaterais com o governo da Itália e de um memorando de entendimento para que o país faça parte do "One Road, One Belt", projeto conhecido como Nova Rota da Seda, com o qual a China quer promover o comércio e se integrar melhor ao Ocidente.

O pacto foi firmado apesar das críticas da União Europeia (UE), especialmente de França e Alemanha, e dos Estados Unidos, que temem a influência mundial que a China pode ter com o projeto.

A Itália se tornou o primeiro integrante do G7, grupo que reúne os sete países mais industrializados do mundo, a topar fazer parte da polêmica proposta comercial chinesa. EFE

Internacional