PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Trump reconhecerá hoje soberania de Israel sobre Colinas de Golã, diz Pence

25/03/2019 13h54

Washington, 25 mar (EFE).- O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, confirmou nesta segunda-feira que o presidente Donald Trump reconhecerá "oficialmente" a soberania de Israel sobre as Colinas do Golã, aproveitando a visita do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, a Washington.

"Hoje, pela primeira vez em 52 anos, com o primeiro-ministro Netanyahu ao seu lado, o presidente dos EUA reconhecerá formalmente a soberania de Israel sobre as Colinas de Golã", disse Pence durante um discurso na conferência anual do principal grupo de lobby pró-israelense nos EUA, AIPAC.

A confirmação do vice-presidente acontece quatro dias depois de Trump anunciar no Twitter que considerava reconhecer "a plena soberania" de Israel.

Com este gesto, os EUA serão o primeiro país a reconhecer a soberania de Israel sobre uma área que tomou da Síria na Guerra dos Seis Dias (1967) e anexou em 1981.

Esta é uma decisão contrária à ONU, que na sua resolução 242 de 1967 lembrou à Israel "a inadmissibilidade da aquisição de território por meio da guerra"; enquanto a resolução 497, de 1981, considera "nula, inválida e sem efeito internacional legal a decisão israelense de impor suas leis, jurisdição e governo nas Colinas de Golã ocupadas".

Trump receberá hoje segunda-feira na Casa Branca Netanyahu, que, segundo fontes oficiais do governo americano, decidiu encurtar sua visita a Washington por conta do ataque do Hamas, que feriu sete cidadãos israelenses. EFE

Internacional