PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Almagro responde à Rússia e diz que OEA tem jurisdição sobre a Venezuela

27/03/2019 15h13

Washington, 27 mar (EFE).- O secretário-geral da Organização de Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, respondeu às críticas do governo da Rússia nesta quarta-feira e afirmou que tem jurisdição para se posicionar sobre assuntos relativos à Venezuela.

Em nota, a Secretaria Geral da OEA criticou os "comentários desinformados" feitos pelo Ministério das Relações Exteriores da Rússia, que afirmou que a OEA é um "órgão técnico" e, portanto, não deve se posicionar sobre a cooperação entre russos e venezuelanos.

"A competência fundamental da OEA é zelar pela paz e segurança na região. Evitar o armamentismo, venha de onde vier, é propósito essencial da organização, da qual a Secretaria Geral é órgão central e permanente", disse a OEA no comunicado.

Na segunda-feira, a Secretaria Geral da OEA classificou como "inadmissível" a chegada de tropas russas à Venezuela. Hoje, a organização voltou a expressar sua "rejeição inequívoca" à presença de militares russos em território venezuelano por carecer da autorização da Assembleia Nacional, o parlamento do país.

A OEA afirma que a Assembleia Nacional é a única instituição democrática na Venezuela. Por esse motivo, reconhece Juan Guaidó, chefe do parlamento, como presidente interino do país.

A Secretaria Geral afirmou que as ações russas lesam a soberania da Venezuela e são um "instrumento de amedrontamento repressivo" destinado a prejudicar a "transição democrática" de Guaidó. EFE

Internacional