PUBLICIDADE
Topo

Queda de helicóptero militar mata 13 soldados no Cazaquistão

27/03/2019 14h58

Nursultan, 27 mar (EFE).- O presidente do Cazaquistão, Qasim-Yomart Tokayev, confirmou nesta quarta-feira a morte de 13 soldados após a queda de um helicóptero militar Mi-8 no país.

Tokayev disse no Twitter que todos os ocupantes do helicóptero morreram quando este sobrevoava a região de Kizilordinsk, fronteiriça com o Uzbequistão.

"Ordenei o início de uma investigação", disse o presidente, que acrescentou que as famílias dos mortos receberão auxílio financeiro.

O acidente aconteceu quando o Mi-8, que fazia parte de um esquadrão de quatro helicópteros, cobria a rota entre o porto de Aktau, no Mar Cáspio, e a cidade de Shimkent, no leste do país.

Os helicópteros, nos quais viajavam unidades das forças especiais cazaques, realizavam manobras em condições meteorológicas adversas.

Dois helicópteros chegaram ao local de destino, enquanto um terceiro deu meia volta e se dirige para o lugar do acidente. EFE