PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Tokayev procura impulsionar relações russo-cazaques com visita a Moscou

28/03/2019 14h02

Nursultan, 28 mar (EFE).- O novo presidente do Cazaquistão, Qasim-Yomart Tokayev, afirmou nesta quinta-feira que tentará dar "um impulso adicional" às relações entre seu país e a Rússia durante uma visita que realizará a Moscou em 3 de abril.

Segundo Tokayev, informa o site presidencial, seu antecessor no cargo, Nursultan Nazarbayev, qualificava as relações entre ambos os países de "exemplares".

"Por isso, o meu dever como chefe de Estado consiste em dar um impulso adicional ao desenvolvimento da cooperação bilateral cujas bases foram estabelecidas" por Nazarbayev e pelo presidente russo, Vladimir Putin, afirmou o líder, que assumiu a chefia de Estado do Cazaquistão em 20 de março após a renúncia de seu antecessor.

Está previsto que durante sua primeira viagem à Rússia em qualidade de novo dirigente cazaque, Tokayev se reúna com Putin, com quem abordará diversas questões da agenda bilateral.

Nazarbayev - primeiro presidente cazaque e que estava no poder há quase 30 anos - anunciou sua decisão de deixar o cargo em 19 de março, abrindo um período de transição no país banhado pelo Mar Cáspio.

Tokayev, na condição de presidente do Senado, assumiu a chefia do Estado, cargo que ocupará até abril de 2020, quando terminaria o mandato de Nazarbayev.

Ao mesmo tempo, Nazarbayev, que tentou manter o equilíbrio nas relações com Ocidente e a Rússia, não largou totalmente as rédeas do país, já que seguirá exercendo o papel de chefe do Conselho de Segurança e líder do partido governista Nur-Otan. EFE

Internacional