Topo

Pesquisas de boca de urna indicam reeleição de Modi na Índia

19/05/2019 12h38

Nova Délhi, 19 mai (EFE).- Diferentes pesquisas de boca de urna divulgadas neste domingo, ao final da sétima e última fase das eleições gerais na Índia, indicam uma vitória do partido nacionalista hindu BJP, do primeiro-ministro indiano Narendra Modi, e seus aliados.

Embora os resultados oficiais não sejam divulgados antes do dia 23 de maio e em ocasiões anteriores este tipo de pesquisa tenha falhado ao antecipar o cenário político para os cinco anos seguintes, a maioria delas mostra uma folgada vitória para o BJP, que aparece com entre 287 e 306 das 543 cadeiras em jogo.

A rede de meios de comunicação República promoveu enquetes em colaboração com dois dos principais institutos de pesquisa do país, e um deles, o CVoter, afirma que o partido de Modi e seus aliados conseguiriam 287 assentos, frente a 128 da coalizão opositora liderada pelo Partido do Congresso, da dinastia Nehru-Gandhi.

Com a maioria fixada em 272 parlamentares, a outra enquete com o instituto Khan Ki Baat situa o grupo do BJP ainda mais à frente, com 305 cadeiras, e o Congresso com 124.

Por sua parte, as pesquisas realizadas pela emissora "Times Now" com o VMR apontam que o partido do atual primeiro-ministro conseguirá 306 cadeiras, frente às 132 da principal força opositora e seus aliados.

As eleições indianas foram realizadas em sete fases, entre 11 de abril e hoje, em uma última jornada que registrou 61% de participação para definir 59 das 543 cadeiras do parlamento, segundo dados da Comissão Eleitoral.

Sob a fórmula de regime parlamentar, na Índia uma força política precisa somar o apoio de uma maioria simples, ou seja, pelo menos 272 parlamentares, para poder formar governo.

Os resultados definitivos dos pleitos serão divulgados na próxima quinta-feira, 23 de maio. EFE

Mais Internacional