Topo

Suposto comandante da Frente al Nusra na Síria é preso na Holanda

2019-05-21T15:15:00

21/05/2019 15h15

Haia, 21 mai (EFE).- A polícia da Holanda prendeu nesta terça-feira um suposto comandante do grupo terrorista Frente al Nusra, a filial da Al Qaeda na Síria, acusado de crimes de guerra.

Segundo o Ministério Público do país, suspeita-se que o homem de 47 anos detido em Kapelle, na Holanda, usava o codinome Abu Khuder e era dirigente do batalhão da Frente al Nusra Ghuraba'a Mohassan ("Os estranhos de Mohassan", em tradução livre).

A polícia realizou uma operação de busca e apreensão na residência de Khuder em Kapelle - onde confiscou vários documentos, um computador e um smartphone - e em outra casa em Ede, no centro do país, porque o proprietário do imóvel esteve em contato com o suspeito.

Simultaneamente, em uma operação coordenada, a polícia alemã realizou operações nas casas de outros seis supostos membros do mesmo grupo, ainda de acordo com o Ministério Público.

A investigação sobre Khuder, que chegou à Holanda em 2014 com uma permissão de residência temporária, começou com informações dadas por autoridades da Alemanha, que compilaram diversos depoimentos de testemunhas. EFE

Mais Notícias