Topo

Pompeo se reunirá com Merkel após adiar visita anterior

2019-05-24T10:57:00

24/05/2019 10h57

Berlim, 24 mai (EFE).- A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, receberá no próximo dia 31 de maio em Berlim o secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, com quem tinha uma reunião marcada no último dia 7, mas que foi cancelada de última hora pelos americanos devido a "assuntos urgentes".

Em entrevista coletiva, a vice-porta-voz do governo alemão Martina Fietz detalhou que Merkel e Pompeo se reunirão ao meio-dia (horário local) na chancelaria para abordar as relações bilaterais e também questões internacionais.

Em relação à situação no Irã, a porta-voz ressaltou que a chanceler reiterará diante de Pompeo a opinião do governo alemão de que tudo relativo a Teerã só pode ser solucionado "de forma pacífica, pactuada e através do diálogo".

Martina acrescentou que, em termos gerais, tanto a Europa como os EUA compartilham os mesmos objetivos, não só no que diz respeito ao programa nuclear iraniano, mas também no que se refere ao papel de Teerã na região e quanto a seu programa de mísseis.

Por isso, a melhor solução para a Europa continua sendo o acordo nuclear com o Irã para evitar que o mesmo tenha acesso a armas atômicas, segundo a vice-porta-voz.

Nesse sentido, Martina afirmou que, se o Irã cumprir "inteiramente com seus compromissos" dentro do chamado Plano Integral de Ação Conjunta (JCPOA, na sigla em inglês), a Alemanha fará o que estiver a seu alcance para mantê-lo em vigor.

Antes da reunião, está previsto que Merkel e Pompeo, que também se reunirá com o ministro das Relações Exteriores alemão, Heiko Maas, deem uma entrevista coletiva.

Depois de adiar sua visita a Berlim, em meio à imposição de novas sanções dos EUA contra o Irã, Pompeo realizou uma "visita surpresa" ao Iraque, onde se reuniu com o primeiro-ministro Adil Abdel-Mahdi e com o presidente Barham Saleh.

Antes de se encontrar com Pompeo, Merkel irá aos EUA na semana que vem, a convite da Universidade de Harvard em Boston, onde receberá o título de doutora honoris causa e pronunciará um discurso no ato de graduação.

Merkel também se reunirá no mesmo dia com o governador de Massachussetts Charlie Baker, com representantes do Centro de Estudos Europeus da Universidade de Harvard e com estudantes alemães. EFE

Mais Internacional