Topo

Erupção de vulcão obriga o cancelamento de diversos voos na Indonésia

25/05/2019 03h31

Jacarta, 25 mai (EFE).- Mais de dez voos foram cancelados na Indonésia, neste sábado, por conta da nuvem de cinza emitida por uma nova erupção do vulcão Agung, localizado na turística ilha de Bali.

A erupção, que durou quatro minutos e meio, foi acompanhada de um forte rugido e a expulsão de material incandescente até 3 quilômetros da cratera, segundo o porta-voz Agência Nacional de Gestão de Desastres (BNPB, sigla em indonésio), Sutopo Purwo Nugroho.

Os voos de chegadas e partidas das companhias aéreas Qantas Airways, Virgin Australia Airlines e Jetstar Airways foram cancelados e no caso desta última empresa a rota Adelaide-Denpasar teve que ser desviado para Darwin, no norte da Austrália.

O chefe da Autoridade Aeroportuária de Bali, Elfi Amir, disse em um comunicado que a nuvem de cinzas atingiu uma altura entre 4 mil e 5 mil metros e depois desceu para 1 mil, e pediu aos passageiros que não "entrem em pânico", pois já que existem "planos de contingência".

A chuva de cinza e areia afetou nove aldeias nos arredores do vulcão, onde uma zona de segurança de um raio de quatro quilômetros ao redor da cratera ainda está estabelecida.

As autoridades emitiram um alerta de aviação laranja, o segundo em ordem de importância após o vermelho, enquanto o nível de alerta de erupção permanece no grau 3 em uma escala de 4.

Agung retomou sua atividade em setembro de 2017 e suas erupções forçaram a interrupção das operações do aeroporto de Denpasar em várias ocasiões, embora já sejam frequentes para os moradores do nordeste da ilha. EFE

Mais Notícias