Topo

Noruega diz que governo e oposição venezuelana se reunirão outra vez em Oslo

25/05/2019 19h27

Caracas, 25 mai (EFE).- O Ministério das Relações Exteriores da Noruega informou neste sábado que representantes do governo de Nicolás Maduro e da oposição da Venezuela retornarão a Oslo na próxima semana para uma segunda rodada de contatos preliminares sobre uma negociação para solucionar a crise no país.

"Informamos que os representantes dos principais atores políticos da Venezuela decidiram retornar a Oslo na próxima semana para continuar o processo mediado pela Noruega", disse o órgão em nota.

No texto, a chanceler da Noruega, Ine Eriksen Soreide, agradece a disposição e o esforço das partes em conflito na Venezuela.

Desde que as tensões entre opositores e chavistas cresceram, vários países, entre eles a Noruega, tentaram promover mecanismos para encontrar uma solução negociada para a crise no país.

Representantes de Maduro e do líder da oposição, Juan Guaidó, decidiram se reunir em Oslo para discutir, em uma fase inicial, a abertura de um diálogo político no país.

Não é a primeira vez que chavistas e opositores tentam negociar. Entre setembro de 2017 e janeiro de 2018, representantes dos dois grupos se reuniram na República Dominicana.

No entanto, as conversas não deram certo, e o governo decidiu convocar eleições que foram boicotadas pela oposição e não reconhecidas por parte da comunidade internacional.

Ao contrário de outros países europeus, a Noruega, que não faz parte da União Europeia, não reconhece Guaidó como presidente interino do país, mas quer a realização de novas eleições. EFE

Mais Notícias