PUBLICIDADE
Topo

Tornados deixam 1 morto e 10 feridos nos Estados Unidos

28/05/2019 18h19

Washington, 28 mai (EFE).- Pelo menos uma pessoa morreu e outras 10 ficaram feridas em consequência dos vários tornados que castigaram nas últimas horas diferentes partes do estado de Ohio, nos Estados Unidos.

Um homem de 81 anos, identificado como Melvin Dale Hanna, morreu na cidade de Celina quando um veículo arrastado pelos fortes ventos colidiu com a casa em que ele morava, segundo disse o prefeito Jeffrey Hazel à imprensa local.

A prefeitura de Celina informou em redes sociais que a região noroeste da cidade, que tem uma população de 10,4 mil pessoas, sofreu "danos significativos" causados pelos tornados.

O governador de Ohio, Mike DeWine, que foi nesta terça-feira a Celina, afirmou no Twitter que os danos na cidade são "devastadores".

"O prefeito me disse que há vários feridos em estado grave e uma morte. Dezenas de casas destruídas aqui. Nossas orações estão com todas as pessoas afetadas", acrescentou DeWine.

Em entrevista coletiva nesta terça-feira, o prefeito de Celina confirmou que sete pessoas sofreram ferimentos, das quais três permanecem em condição "crítica".

Outra cidade afetada pelos tornados foi Dayton, onde, segundo o chefe do departamento de bombeiros local, Jeffrey L. Payne, três pessoas sofreram lesões menores.

Além de Dayton e Celina, nas cidades de New Madison, Laura e Laurelville também foram registrados danos devido aos fortes ventos, de acordo com informações do Serviço Nacional Meteorológico.

Na região desses municípios foram emitidos 36 alertas de tornado e um de inundação repentina, enquanto em Dayton ocorreram várias tempestades de granizo com pedras de gelo do tamanho de uma bola de golfe.

A imprensa americana informou, citando o Serviço Nacional Meteorológico, que vários tornados, um deles descrito como "grande e destrutivo", tocaram terra perto de Dayton, o que, além de danos materiais, causou apagões no estado.

Na cidade de Beavercreek, uma das tempestades com ventos acima de 225 quilômetros por hora foi catalogada como de nível 3 na escala de Fujita, cujo nível máximo é 6.

A Guarda Nacional enviou reforços a vários dos locais afetados. Além disso, máquinas de remoção de neve foram mobilizadas para ajudar a retirar os escombros. EFE

Notícias