Topo

Paraguai apreende 16,7 toneladas de maconha perto da fronteira com o Brasil

10/07/2019 22h36

Assunção, 10 jul (EFE).- Agentes da Polícia do Paraguai apreenderam nesta quarta-feira 16,7 toneladas de maconha durante uma operação na região rural da cidade de Pedro Juan Caballero, no leste do país, perto da fronteira com o Brasil.

A ação, parte da Operação Soberania, que há dez dias combate o tráfico de drogas na região, desarticulou 62 acampamentos clandestinos, nos quais os agentes localizaram 15,9 toneladas de maconha picada e 776 quilos já prensados da droga.

Segundo a Secretaria Nacional Antidroga do Paraguai (Senad), os policiais também destruíram 59 hectares de plantações ilegais de maconha.

O órgão calcula que a ação tirou de circulação, no total, 193 toneladas da substância, que valeriam U$ 5,8 milhões no mercado.

Além das apreensões nas zonas rurais, a Operação Soberania também tem realizado ações nas cidades. Em Pedro Juan Caballero, por exemplo, os policiais apreenderam várias pessoas por porte ilegal de arma de fogo.

Esta foi a segunda grande operação da Senad neste ano. Na primeira delas, batizada como Amambaí I, os agentes apreenderam 13,5 toneladas de maconha e destruíram 151 hectares cultivados da planta no departamento de mesmo nome.

Em 2018, a Senad realizou 601 operações de combate ao tráfico de drogas, tirando de circulação 5 mil toneladas de maconha, entre apreensões e destruição de plantações da droga.

O Paraguai é o maior produtor de maconha da América do Sul. O Brasil é o principal destino da droga produzida no país vizinho. EFE

Mais Notícias