Topo

Suposto incêndio criminoso deixa 33 mortos em estúdio de animação no Japão

18/07/2019 11h50

Tóquio, 18 jul (EFE).- Um estúdio de animação de Kyoto, no Japão, viveu nesta quinta-feira uma tragédia por conta de um incêndio de origem supostamente criminosa, que terminou com a morte de 33 pessoas, além de dezenas de feridos.

O estúdio Kyoto Animation ocupava um edifício de três andares que foi consumido rapidamente pelas chamas. As autoridades acreditam que um homem, que está hospitalizado sob vigilância policial, tenha sido o responsável, já que foi visto entrando no edifício carregando um líquido suspeito.

Fontes da polícia de Kyoto disseram à emissora pública de televisão "NHK" que o número de mortos confirmados é de 33, o que transforma este caso no incêndio provocado mais grave em décadas.

Segundo disse à Agência Efe uma fonte dos bombeiros da cidade, também há cerca de 30 pessoas feridas, algumas em estado grave. No momento do acidente, havia 70 pessoas dentro do edifício.

Os distintos dados surgidos depois do incêndio apontam para possibilidade de que o suposto responsável tenha guardado rancor porque, supostamente, os estúdios copiaram alguma ideia sua e decidiu se vingar com a tragédia.

Uma vizinha do prédio declarou que o suposto responsável, não identificado pelas autoridades, sofreu queimaduras nos braços e nas pernas e que, enquanto era levado pela polícia, dizia que os estúdios tinham copiado algo e por isso agiu daquela maneira.

Fontes policiais destacaram ainda que o suspeito admitiu a culpa pelo incêndio.

Um responsável do estúdio afirmou que a empresa tinha recebido ameaças não identificadas feitas contra um ou vários funcionários há alguns anos, e tinham acionado advogados para tratar do caso.

O incêndio começou por volta de 10h30 (horário local, 22h30 de quarta-feira em Brasília) e foi extinto somente cinco horas depois. As imagens da televisão mostraram as chamas saindo por uma das janelas e a fumaça se estendendo pelas demais e brotando do terraço.

Uma das testemunhas disse à agência de notícias local "Kyodo" que foi possível ver várias pessoas "cobertas de sangue" e que tinham sofrido queimaduras "por todo corpo".

O estúdio Kyoto Animation, com cerca de 160 funcionários, foi criado em 1981 e produz filmes de cinema e programas para a televisão. EFE

Mais Notícias