Topo

Londres afirma estar em busca de informação sobre petroleiro detido no Irã

19/07/2019 16h23

Londres, 19 jul (EFE).- O governo do Reino Unido informou nesta sexta-feira que está "buscando com urgência mais informações" sobre um "incidente" no Golfo Pérsico, depois que o Irã anunciou a captura de um petroleiro britânico.

"Estamos avaliando a situação", declarou um porta-voz do governo britânico. Por sua vez, a companhia Stena Bulk informou em comunicado que perdeu contato com um de seus navios depois que "pequenas embarcações e um helicóptero" se aproximaram do mesmo sem se identificarem.

A companhia deixou de se comunicar por volta de 12h (horário de Brasília) com os 23 membros da tripulação do Stena Impero quando este transitava pelo Estreito de Ormuz "em águas internacionais", acrescentou a Stena Bulk.

"No momento, não podemos fazer contato com a embarcação, que se dirige para o norte, em direção ao Irã", relatou a companhia, que detalhou que não tem informação sobre nenhum ferido no incidente.

"A prioridade tanto da proprietária da embarcação, Stena Bulk, como da operadora do navio, Northern Marine Management, é a segurança e o bem-estar da tripulação", acrescentou a companhia na nota.

A captura anunciada pela Guarda Revolucionária do Irã acontece no mesmo dia em que Gibraltar ampliou por mais 30 dias o período de detenção do petroleiro iraniano Grace 1, retido há duas semanas no território ultramarino britânico por suspeitas de que estaria transportando petróleo para a Síria.

Quatro membros da tripulação do petroleiro, entre eles o capitão, foram inicialmente detidos, mas acabaram liberados na semana passada após pagamento de fiança. EFE

Internacional