Topo

Kim inspeciona novo submarino com capacidade de lançar mísseis balísticos

23/07/2019 02h18

Seul, 23 jul (EFE).- O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, inspecionou um submarino recentemente construído no que parece um novo gesto para pressionar os Estados Unidos dentro das conversas sobre desnuclearização.

Os veículos de imprensa oficiais norte-coreanos mostram nesta terça-feira que Kim analisou o submersível, cuja implantação nas águas do Mar do Japão (chamada Mar do Leste nas duas Coreias) "está próxima".

As imagens mostram o submersível em dique seco em uma instalação coberta, mas nem a data da visita de Kim nem a localização do navio foram especificadas pela mídia estatal norte-coreana.

Em todo caso, tudo indica que é a base da Sinpo (costa leste do país), principal centro de desenvolvimento do programa de submarinos norte-coreanos, já que o submarino que aparece nas imagens é a nova versão avançada dos submersíveis da classe Sinpo, com capacidade de lançar mísseis balísticos.

Este novo submarino, chamado Sinpo C pela inteligência americana, seria maior e teria capacidade para lançar pelo menos quatro projéteis balísticos (o Sinpo só tem capacidade para transportar um míssil).

O líder estava acompanhado de três importantes oficiais para o programa de armamento norte-coreano, Ho Yong-chil, Kim Jong-sik e Jang Chang-ha, segundo a agência estatal de notícias "KCNA".

A informação também é publicada coincidindo com a visita a Seul do conselheiro Nacional de Segurança dos EUA, John Bolton, uma figura controversa e fortemente criticada por Pyongyang dada a sua insistência por solicitar ao regime que se desarme completamente antes de reduzir quaisquer sanções. EFE

Mais Internacional